O ConECta, Fórum Nacional de Conselhos Estaduais de Cultura, elegeu, na tarde desta quinta-feira (30), a nova Diretoria Executiva para o período 2020-2021. A eleição foi realizada por meio virtual, iniciada às 16 horas, e conduzida por Márcio Caires Chaves, da Bahia, e Ana Paula dos Reis Silva, de Pernambuco – ambos membros da Comissão Eleitoral (também integrada por Neidmar Alves, do Rio Grande do Sul).

A nova Diretoria Executiva é formada pela presidenta, Elaine Cristina Corrêa Dutra, do Maranhão; pela vice-presidenta Aryanne Ribeiro, de Minas Gerais; e pelos coordenadores regionais Norte, Sebastião “Sabá” Moura, de Roraima; Sul, Helcio Kovaleski, do Paraná; Sudeste, Valquiria Volpato, do Espírito Santo; Centro-Oeste, Wellington Abreu, do Distrito Federal; e Nordeste, Jocimar Gonçalves, de Pernambuco. Logo após a votação, seguiu-se a posse da nova diretoria, que coordenará o ConECta de agosto de 2020 a julho de 2021.

Participaram da votação on-line as representações das regiões Nordeste, Região Centro-Oeste, Região Sudeste, Região Norte e a Região Sul: Adinil Batista de Souza (Pan Batista), do Conselho Estadual de Cultura da Bahia; Aryanne Ribeiro, do Conselho Estadual de Política Cultural de Minas Gerais; Cléverson Alberto da Costa Baía, do Conselho Estadual de Política Cultural do Amapá; Diogo de Oliveira Barroso (Jhonny Barroso), do Conselho Estadual de Política Cultural do Rio de Janeiro; Elaine Cristina Corrêa Dutra, do Conselho Estadual de Cultura do Maranhão; Francisco Santos Lima (Chicão Santos), do Conselho Estadual de Política Cultural de Rondônia; Helcio Luiz Wendler Kovaleski, do Conselho Estadual de Cultura do Paraná; Jocimar Gonçalves da Silva, do Conselho Estadual de Política Cultural de Pernambuco; Marcelo Seixas, do Conselho Estadual de Cultura de Santa Catarina; Maria das Graças Castro e Silva, do Conselho Estadual de Política Cultural do Ceará; Natália de Andrade Nunes, do Conselho Estadual de Cultura do Piauí; Paulo Leônidas Fernandes de Barros, do Conselho Estadual de Cultura do Rio Grande do Sul; Sebastião Alberto Vieira de Moura (Sabá Moura), do Conselho Estadual de Cultura de Roraima; Valquiria Rigon Volpato, do Conselho Estadual de Cultura do Espírito Santo; e Wellington José Lourenço de Abreu, do Conselho de Cultura do Distrito Federal. Também participaram, na condição de ouvintes, André Ravasco, do Comitê Estadual de Cultura do Estado de São Paulo, e Valdete Souza, vice-presidenta do Conselho Estadual de Política Cultural de Rondônia.

Logo no início da videoconferência, Márcio Caires apresentou os procedimentos da eleição, acordados durante reunião virtual realizada na noite de terça-feira (28). Em seguida, Caires abriu o processo de eleição, perguntando quem se propunha como candidatos ou candidatas à Presidência, à Vice-Presidência e, depois, às Coordenações Regionais. A primeira eleição foi para presidente, com candidatura única de Elaine Cristina Corrêa Dutra, eleita por unanimidade (15 votos). A segunda eleição foi para vice-presidente, com candidatura única de Aryanne Ribeiro, eleita com 14 votos e uma abstenção (referente a uma representação de conselho que teve problemas técnicos e acabou não podendo manifestar seu voto).

Depois, conselheiros e conselheiras foram divididos em salas virtuais, por região, para a escolha das Coordenações Regionais. Ao final, a presidenta eleita, Elaine Dutra, convidou Maria das Graças Castro e Silva, do Ceará, para ocupar a Secretaria Executiva e Márcio Caires Chaves, para ocupar a Assessoria Especial do ConECta. Ambos aceitaram os respectivos convites.