Ações de acessibilidade à leitura e à literatura serão tema da próxima live do projeto “Bienal na Sua Casa”, iniciativa da Bienal Mineira do Livro durante o período de distanciamento social. Na sexta-feira (31/7), a partir das 19h, Cleide Fernandes, responsável pelo Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), conversará ao vivo com a escritora Elizete Lisboa, pelo Instagram da Bienal.

A partir do tema “Inclusão, crianças que enxergam brincando de braille”, o encontro será pautado sobre atividades que visam à inclusão literária, com destaque para recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência. Na ocasião, também haverá uma conversa sobre o livro “Quatro Patinhas no Muro” (Ed. Paulinas, 2019), que tem duas escritas: em tinta e braille, para crianças que enxergam e para aquelas que leem com as mãos. 

A Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais é responsável pela curadoria da “Estação Inclusiva”, espaço de partilha de experiências, de saberes e de materiais pedagógicos que proporcionam oportunidades de leitura para pessoas com deficiência. Essa ação faz parte das “Estações Vivenciais”, inseridas na Bienal Mineira do Livro com objetivo de estimular a realização de experiências lúdicas ligadas à leitura e à literatura.

Sobre as participantes
Cleide Fernandes é formada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente, está à frente do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), instituição na qual tem desenvolvido, nos últimos doze anos, projetos de incentivo à leitura para diferentes públicos.

Elizete Lisboa é mineira e mora em Belo Horizonte. Formou-se em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Dando aulas de português há quase trinta anos, resolveu dedicar-se à literatura infantil. Hoje os livros de Elizete Lisboa, com duas escritas (tinta e braille), são de grande importância para a criação de uma escola e uma sociedade inclusiva no Brasil. 

Bienal na Sua Casa
O projeto Bienal na Sua Casa tem como objetivo criar – e enriquecer – a conexão entre a iniciativa e os seus futuros visitantes. Todas as atividades serão realizadas nas redes sociais da Bienal: no Instagram (@bienalmineiradolivro) e, simultaneamente, no Facebook. Os conteúdos em vídeo serão também disponibilizados no canal da Bienal do Youtube, possibilitando que as interações também aconteçam nesta plataforma.