A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) tem se reunido constantemente com os representantes da cadeia cultural e do turismo de Minas Gerais para elaborar medidas emergenciais que atendam às demandas dos setores em meio à atual crise. A Secult reforça que está atenta ao andamento dos acontecimentos e em constante avaliação sobre a necessidade de adoção de novas medidas.

Entre essas medidas, está a articulação para viabilização de ações de auxílio às cadeias produtivas da Cultura e do Turismo em Minas Gerais, por meio de prestação de informações sobre acesso a políticas públicas, linhas de crédito, auxílios e benefícios voltados aos setores; e apoio logístico a campanhas de arrecadação de doações aos profissionais da Economia Criativa de Minas Gerais. Confira aqui o compilado que preparamos:

Secult apresenta medidas emergenciais em prol do setor cultural em Minas Gerais
Com o objetivo de amenizar os impactos econômicos aos projetos e produtores culturais e artistas de Minas Gerais, nesta fase de emergência decretada pelo governo estadual em função do enfrentamento ao coronavírus, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) apresentou, no dia 19/3, em reunião extraordinária da Comissão Paritária Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Copefic), medidas de caráter urgente de suporte ao setor, com base no Decreto NE 113, de 12/03/2020 e pela deliberação do Comitê Extraordinário COVID-19 Nº 6, de 18 de março de 2020.
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5531-secult-apresenta-medidas-emergenciais-em-prol-do-setor-cultural-em-minas-gerais

Governo de Minas Gerais adota medidas para diminuir impacto da crise no setor turístico em meio à pandemia do Coronavírus
As micro e pequenas empresas de turismo de Minas Gerais passaram a contar, a partir de 24/3, com condições de financiamento facilitadas pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). O Governo do Estado anunciou que as operações do banco com recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), destinadas ao capital de giro desses empreendimentos, terão redução nas taxas de juros e ampliação do prazo de carência. O ramo conta com 60 mil negócios em Minas Gerais.
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5536-governo-de-minas-gerais-adota-medidas-para-diminuir-impacto-da-crise-no-setor-turistico-em-meio-a-pandemia-do-coronavirus

Projetos aprovados em mecanismos de incentivo cultural podem ser adaptados para execução digital ou remota
As medidas adotadas pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) para mitigar os efeitos da pandemia da Covid-19 têm se adaptado de acordo com a realidade do setor cultural. A partir de agora, projetos habilitados ou em fase de análise no Fundo Estadual de Cultura (FEC) ou por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (Leic) podem ser ajustados para execução em vias digitais ou remotas. A iniciativa foi tomada em virtude da vigência da Lei Estadual Nº 23.631, de 2 de abril de 2020 e que autoriza o Estado a adotar medidas para viabilizar projetos de empreendedores culturais.
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5581-projetos-aprovados-em-mecanismos-de-incentivo-cultural-poderao-ser-adaptados-para-execucao-digital-ou-remota

Secult lança série de vídeos para reforçar campanha de divulgação e promoção do turismo mineiro “Não cancele, remarque!”
A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) aderiu ao movimento nacional “Não Cancele, Remarque!”, assim como outros estados e entidades. O objetivo é reforçar a importância do turismo para o desenvolvimento econômico e a necessidade das atividades turísticas voltarem a operar quando a situação normalizar, além de contribuir para que a saúde financeira das empresas não seja prejudicada.
Leia mais: http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5582-secult-lanca-serie-de-videos-para-reforcar-campanha-de-divulgacao-e-promocao-do-turismo-mineiro-nao-cancele-remarque

Declarações de Incentivo cultural serão enviadas de forma digital à Secult
A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) dá um importante passo para facilitar processos culturais. A partir de agora, a tramitação das Declarações de Incentivo ocorre de maneira digital, por meio do Sistema Eletrônico de Informações (SEI). A medida entra em vigor nesta quinta-feira (26/3) e integra a Resolução Secult nº 14, de 25 de março de 2020, assinada pelo Secretário de Estado Adjunto de Cultura e Turismo, Bernardo Silviano Brandão. Este texto altera a Resolução SEC nº 136/2018, que regulamenta a inscrição de projetos por meio de Empreendedores Culturais, pessoa física ou jurídica, empresa ou entidade.
Leia mais: http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5537-declaracoes-de-incentivo-cultural-serao-enviadas-de-forma-digital-a-secult

Dados do Inventário turístico podem contribuir para a recuperação do setor em Minas
Informações sobre a infraestrutura de uma cidade, seus equipamentos de apoio ao turismo e atrativos são fundamentais para o planejamento, a gestão e promoção da atividade turística de uma região – por isso, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) incentiva a atualização constante desses dados por parte dos municípios. Aqueles que fazem parte da Política de Regionalização da Secretaria têm livre acesso à Plataforma Integrada do Turismo, coordenada pela Secult. Assim, as informações disponibilizadas pelas cidades mineiras alimentam o Inventário Turístico e o Portal Minas Gerais.
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5570-dados-do-inventario-turistico-podem-contribuir-para-a-recuperacao-do-setor-em-minas

Secult mantém canal aberto para responder dúvidas sobre editais do FEC e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de MG
Durante o atual período de Calamidade Pública no Estado, devido ao impacto do Coronavírus, o contato com a Superintendência de Fomento Cultural, Economia Criativa e Gastronomia da Secult abriu canal direito de comunicação com produtores culturais e artistas que tiverem dúvidas em relação a editais do Fundo Estadual de Cultura (FEC) e Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais (LEIC).
Leia mais: http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5534-secult-mantem-canal-aberto-para-responder-duvidas-sobre-editais-do-fec-e-da-lei-estadual-de-incentivo-a-cultura-de-mg

Plataforma da Secult é referência nacional de compartilhamento de informações para gestão e planejamento em turismo
A eficiência da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) no tratamento de dados sobre turismo, na parceria com os municípios mineiros e Instâncias de Governança Regionais (IGRs) para atualizar informações on-line, e na interatividade com turistas de diversas localidades, chamou a atenção do setor em nível nacional. No dia 6/5, áreas técnicas da pasta apresentaram, para representantes do Ministério do Turismo e gestores de órgãos públicos oficiais de turismo de 14 estados do Brasil, o funcionamento da Plataforma Integrada do Turismo (PIT).
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5576-plataforma-da-secult-e-referencia-nacional-de-compartilhamento-de-informacoes-para-gestao-e-planejamento-em-turismo

Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas divulga medidas de prevenção ao coronavírus
Seguindo orientações enviadas pelo Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, da Secretaria Especial da Cultura do Governo Federal, divulgadas em 18 de março de 2020, bem como cumprindo as determinações do decreto publicado pelo Governo de Minas Gerais em 15 de março de 2020, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais recomendou, em 23 de março, a suspensão de acesso do público externo a bibliotecas, auditórios e outros espaços de uso coletivo.
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5533-sistema-estadual-de-bibliotecas-publicas-divulga-medidas-de-prevencao-ao-coronavirus

Curso de Introdução ao Turismo difunde conceitos variados de forma on-line
Com o objetivo de capacitar e qualificar gestores, agentes públicos e privados e demais interessados no tema, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) oferece o curso “Introdução ao Turismo” na modalidade a distância.
Leia mais: http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5542-curso-de-introducao-ao-turismo-difunde-conceitos-variados-de-forma-on-line

Museus de Minas oferecem alternativas virtuais durante a pandemia do Coronavírus
Graças à tecnologia, museus em todo o mundo, entre eles centros de cultura e museus de Minas Gerais, oferecem acesso a acervos, informações variadas e visitas virtuais. A Diretoria de Museus da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) está empenhada nesta direção. Informações sobre as edificações, os acervos e curiosidades das sete instituições integrantes da Diretoria ganharam mais destaque em postagens para as redes sociais. A dimensão lúdica dessa ação fica por conta de um quiz com perguntas diversas, publicado semanalmente nas redes dos espaços, para testar a memória e o conhecimento dos visitantes. Os espaços participantes são o Museu Mineiro, Centro de Arte Popular, Museu dos Militares Mineiros, Museu Casa Guimarães Rosa, Museu Casa Alphonsus de Guimaraens, Museu Casa Guignard e o Museu do Crédito Real.
Leia mais: http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5539-museus-de-minas-oferecem-alternativas-virtuais-durante-a-pandemia-do-coronavirus

Minas Gerais oferece roteiros incríveis para viajar sem sair do sofá
Por meio do Portal Minas Gerais, coordenado pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), estão disponíveis várias visitas virtuais para quem estiver disposto a se aventurar nesta forma de experiência, que possui alto grau de imersão e realismo. Mais de 100 pontos turísticos e destinos mineiros podem ser visitados no portal, utilizando a ferramenta “Minas em 360 graus”, recurso que une imagens aéreas captadas por drones e fotos panorâmicas feitas em solo. A iniciativa também disponibliza visitas virtuais aos equipamentos culturais administrados pela Secult.
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5564-minas-gerais-oferece-roteiros-incriveis-para-viajar-sem-sair-do-sofa

Observatório do Turismo de Minas Gerais realiza sondagem para avaliar impactos da pandemia do Coronavírus
A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), a Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur) e a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), por meio do Observatório do Turismo de Minas Gerais (OTMG), elaboraram uma pesquisa de sondagem para avaliar os impactos da pandemia nos diversos setores do turismo e da economia criativa. A ação, que é coordenada em articulação com a Rede Brasileira de Observatórios de Turismo, é destinada a diferentes profissionais e empresas da área, e contempla uma série de atividades que já se encontram paralisadas diante do cenário atual.
Leia mais: http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5558-observatorio-do-turismo-de-minas-gerais-realiza-sondagem-para-avaliar-impactos-da-pandemia-do-coronavirus

Turismo movimentou R$ 20,5 bilhões em Minas Gerais em 2019 e pode ser instrumento de retomada após a crise
As atividades turísticas durante o ano de 2019 em Minas Gerais representaram um movimento de aproximadamente R$ 20,5 bilhões na economia do Estado, como mostra estudo feito pelo Observatório do Turismo de Minas Gerais (OTMG) em março de 2020. O valor pode representar cerca de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) mineiro de 2019, uma vez que a estimativa da Fundação João Pinheiro, conforme balanço divulgado em 18/3, é de que o PIB de Minas Gerais  alcance a casa dos R$ 632 bilhões.
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5550-turismo-movimentou-r-20-5-bilhoes-em-minas-gerais-em-2019-e-pode-ser-instrumento-de-retomada-apos-a-crise

Secult lança cartilha para ajudar trabalhadores informais e microempreendedores da cultura e do turismo a acessar auxílio emergencial do governo federal
Os trabalhadores informais e microempreendedores  individuais da cultura e do turismo também poderão acessar auxílio emergencial de R$ 600,00 liberado pelo Governo Federal a profissionais autônomos, desde que se encaixem nos requisitos. Para facilitar o cadastramento e acesso ao benefício por esses profissionais, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) elaborou uma cartilha informativa. 
Leia mais:http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5545-covid-19-governo-federal-anuncia-calendario-de-pagamento-do-auxilio-emergencial-a-trabalhadores-informais-autonomos-e-meis

Plano de contingenciamento da Secult estabelece medidas de prevenção ao coronavírus
A fim de contribuir para a proteção da saúde da população mineira e ciente da importância do senso de coletividade neste momento, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) adotou uma série de medidas, elaboradas em conjunto com instituições da administração indireta, como Fundação de Arte e Restauro de Ouro Preto (FAOP), Fundação Clóvis Salgado (FCS), Instituto Estadual do Patrimônio Artístico e Histórico de Minas Gerais (Iepha-MG) e Empresa Mineira de Comunicação (EMC) para regulamentar o Decreto Nº47866, do Governo do Estado de Minas Gerais, publicado em 15 de março de 2020 no Jornal Minas Gerais.
Leia mais: http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/5528-comunicado-a-imprensa-secult-adota-medidas-de-prevencao-e-enfrentamento-ao-coronavirus