foto saul oliveira

Secretários e gestores dos governos estaduais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo reuniram-se, nos dias 18 e 19 de outubro, para discutir temáticas relativas a boas práticas de gestão em diferentes áreas. A 5° edição do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) foi realizada em Florianópolis (SC), incluindo a participação dos governadores dos estados.

O secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Marcelo Matte, e a subsecretária de Turismo da pasta, Marina Simião, participaram do evento discutindo o compartilhamento de boas práticas de gestão, tributação, fiscalização e promoção turística para facilitar a integração regional.

Matte ressaltou a importância do evento, que possibilita a troca de ideias e conhecimentos. “Participar do COSUD é uma oportunidade de trocar experiências e boas práticas, identificar gargalos e desafios comuns para o desenvolvimento do turismo no Sul e Sudeste. Minas Gerais tem tido uma contribuição importante, o Programa Minas Recebe e o Observatório do Turismo têm sido muito bem avaliados e estão sendo incorporados em outros territórios. Ao mesmo tempo, estamos conhecendo realidades e percebendo pautas comuns que, sendo apresentadas de forma coletiva, ganham muito mais força, a exemplo de demandas de infraestrutura, que são indispensáveis para o fomento à atividade turística.”, pontuou o secretário.

Marina Simião participou da mesa de Turismo em conjunto com o Meio Ambiente e um dos principais pontos da discussão foi a conscientização da preservação aliada à promoção de destinos turísticos. As atividades da mesa de trabalho foram divididas em três etapas: follow-up para acompanhamento das ações do 4º Cosud, realizado em Vitória; revisão das prioridades e proposição de novas ações; e preenchimento do Roteiro Padrão com os resultados do Grupo para a apresentação na Sessão Plenária. A Plenária, que aconteceu no final do dia 19/10, contou com a participação do governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

Além da mesa de turismo, outros 14 grupos de trabalhos reuniram-se discutindo projetos nos setores de Fazenda e Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Agricultura, Inovação, Ciência e Tecnologia, Educação e Infraestrutura, Logística e Transporte, Saúde Pública, Segurança Pública, Gestão e Planejamento, Administração Penitenciária, Controle e Transparência e Reforma da Previdência.

Foto: Saul Oliveira

Enviar para impressão