mesa Sao Paulo

Nesta quarta (9/10), o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Marcelo Matte, participou do encontro Rede Juntos, em São Paulo, para debater sobre os desafios da gestão cultural brasileira ao lado de outros gestores públicos municipais e estaduais. O objetivo do evento é ser um espaço de troca e disseminação de boas práticas para gestores públicos engajados com a melhoria dos serviços que são entregues aos cidadãos.

Na ocasião, Matte esteve presente na mesa “Modelos de Gestão de Cultura”, falando sobre as experiências das ações que vêm sendo promovidas pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult). Um dos destaques do trabalho da Secretaria é explorar o potencial da cultura e do turismo como ativos para estimular a diversificação da matriz econômica de Minas Gerais e a consequente recuperação da economia no estado. A mesa, que teve Eduardo Wolf como moderador, também contou com a participação do secretário de Cultura de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, do secretário de Cultura de Salvador, Claudio Tinoco, e de Marcelo Lopes, da Fundação OSESP.

Matte ressaltou o papel da cultura e do turismo no fomento ao desenvolvimento econômico dos estados e do país e a importância de se criar um engajamento de toda a sociedade nessa temática. “O modelo de financiamento que queremos para a cultura, o turismo e o patrimônio é misto. Não podemos nos esquecer que, além do investimento do estado e da iniciativa privada, a participação da sociedade civil é fundamental”, afirmou o secretário.

O encontro foi organizado pela Comunitas, organização da sociedade civil que possui como objetivo contribuir para o aprimoramento dos investimentos sociais corporativos e estimular a participação da iniciativa privada no desenvolvimento social e econômico do país.