O livro “Com o coração na boca: apanhado poético”, patrocinado pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura de Contagem de 2018, reúne a poesia do poeta Vinícius Fernandes Cardoso (35), de Contagem-MG, que escreve poemas desde os 17. “Alguns poemas de juventude não foram incluídos, pois ficam melhor noutro conjunto”, diz o autor que, além de poeta, é cientista social pela UFMG, bibliotecário por profissão, jornalista prático e ensaísta literário. “Sempre fui das humanidades, generalista”, diz o autor.

O livro será lançado nos próximos sábados 10 e 17 de novembro em Contagem-MG, faça chuva ou faça sol, pois em ambos os lançamentos há opção coberta ao público (veja Serviço).

O livro, de 288 páginas, foi diagramado em formato de bolso (pocket) pelo designer, artista gráfico e pintor surrealista mineiro Maurício Costa, cuja arte evoca o estilo art nouveau, do início do século XX, atendendo concepção do autor. “Maurício foi o único a comprar minha loucura, ficou um livro moderno, de bolso, portátil, legível e, ao mesmo tempo, com arabescos, capitulares, molduras, enfim, belo”, revela o autor.  

O livro é prefaciado pela professora-doutora Sílvia Araújo Motta, autora de 47 livros-solo, participante de 168 antologias literárias, autora de mais de dez mil poemas em quatro idiomas, membro do Corpo Diplomático WPO/ONU/Ecosof/Esango, presidente global em defesa da mulher contra a violência doméstica e integrante de 28 Academias de Letras, Ciências, Artes e Ciência Política no Brasil e Exterior. “Sílvia me foi nomeada, pela primeira vez, pelo meu saudoso amigo José Afrânio Moreira Duarte (poeta, contista, crítico literário, da Academia Mineira de Letras) aos meus 18, que agora reencontro aos 35: trata-se de uma das maiores sumidades em Língua Portuguesa entre nós, pessoa amável, espírito nobre e a sensibilidade perfeita para prefaciar o apanhado”, diz o autor.

 Divulgação

Além disso, “Com o coração na boca” apresenta, ao fim do livro, depoimento do autor, no qual Vinícius discorre sobre a sua biografia humana e literária, e uma iconografia, com fotografias selecionadas da trajetória literária do poeta.

Como contrapartida sociocultural, o autor irá doar 200 exemplares do livro para todas as bibliotecas existentes no município de Contagem-MG, todas as bibliotecas públicas estaduais do país, algumas bibliotecas da RMBH e para a Biblioteca Nacional.

Durante os dois primeiros lançamentos do livro, programados para os dias 10 e 17 de novembro, haverá recital de poemas por ilustres poetas de Contagem, RMBH e alhures, como o poeta e jornalista Marcos Fabrício, que vem de Brasília-DF para o lançamento do dia 10 (veja Serviço). No dia 10, haverá também apresentação de voz e violão com os músicos Juju do Vale (violão popular) e Sérgio Sallopes (violão clássico), além de música clássica, pérolas da MPB e autógrafos do autor. No dia 17, além de recital, música e autógrafos, quem não conhece, poderá conhecer o mais antigo e único sebo de Contagem, inaugurado em 1983, quando nascia Vinícius.

O foto da contracapa do livro, ensaio fotográfico do autor e cobertura dos lançamentos são da fotógrafa artística Alessandra Franco Braga (Chica de Pano) e a sonoplastia e discotecagem dos lançamentos são da DJ Rosana Monteiro (Vintage Violence), ambas de BH.

Sobre o autor:

Vinícius Fernandes Cardoso nasceu no Hospital São Sebastião, em Belo Horizonte-MG, a 29 de abril de 1983. Filho de Maria de Fátima Fernandes Cardozo e José Cardozo Neto e irmão de Murilo Fernandes Cardoso, este último engenheiro na USIMINAS, em Ipatinga-MG, casado com Alexandra dos Reis e pai de Lucas Azevedo Cardoso.

Em 13 de outubro de 2001, com outros sete criadores literários de Contagem-MG, fundou a Academia Contagense de Letras (ACL), onde exerceu dois mandatos como secretário-geral (2001-2005). Desde então, coleciona e divulga a literatura brasileira escrita por autores deste município mineiro, principalmente em jornal.

Desde 2004, colabora com o Jornal Regional Contagem e, a partir de 2013, edita página inteira no referido veículo, onde já publicou autores conterrâneos e contemporâneos, assim como consagrados e universais. Neste periódico, publicou diversas séries literárias, tais como: “Betim lê Contagem” (ensaios de Leonardo de Magalhaens), “Fernando Januário in concert” (poemas de Fernando Januário), “Leituras e Andanças” (ensaios seus), “Folhetim Volante” (poemas seus), “Contos Contagenses” (contos de autores locais), “Sociedade Massacrada” (libelos), “Yendis: personagem mitológico” (poemas), “O Careca” (sátiras), “Decas” (sátiras), estas últimas criações de Yendis Asor Said. Continua atuando como editor literário de jornal, tendo tornando-se referência aos autores da sua região e alhures.

Desde os 17 anos, frequenta a vida literária da região metropolitana de Belo Horizonte, o que o subsidiou a escrever e defender a monografia “Vida literária na Região Metropolitana de Belo Horizonte entre 1990-2010: abordagem sócio antropológica”, como requisito parcial à conclusão do bacharelado em Ciências Sociais, graduando-se Cientista Social pela UFMG, em agosto de 2010.

Em 2014, inscreveu o poema “Luxúrias lascivas, lancinantes...”, de sua autoria, no XXIII Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos, de Leopoldina-MG, com outros mais de 600 poemas vindos de todo país. Ficou entre os 10 classificados que deveriam defender o poema ao júri e público presente no auditório do CEFET daquela cidade mineira, em novembro de 2014. O poema recebeu o primeiro lugar e o autor láurea de melhor intérprete.

Autor das miscelâneas “Leituras e Andanças: ensaios, cartas, entrevistas e poemas” (2004), “A Alma dos Bairros” (2007), “Nômade: ensaios, resenhas, entrevista, depoimentos e versos” (2008) e “Arroubos e Rompantes: primeiros escritos” (2012), além da monografia citada acima. Todos estes livros estão à venda no Clube de Autores e na Estante Virtual, assim como nalgumas bibliotecas da região metropolitana de BH e na Biblioteca Nacional.

Vinícius mantém um blog próprio, intitulado Folhetim Volante, com escritos seus variados.

Em 2018, aos 35 anos, finalmente edita livro em maior escala, beneficiado pelo Fundo Municipal de Cultura de Contagem-MG, com sua poesia reunida, o seu “apanhado poético”, como gosta de dizer, que ele entende ser uma “estreia tardia e despedida” da poesia, sentindo que, caso escreva poema, será de forma cada vez mais bissexta.

Vinícius escreve livro de ensaios-reportagem e organiza uma enciclopédia literária de autores de Contagem-MG.

 

SERVIÇO

Lançamento do livro “Com o coração na Boca”

LOCAL:

Parque Ecológico do Eldorado - Av. Olímpiio Garcia com rua das Palmeiras, Eldorado -Contagem 09/10/2018

Av. José Faria da Rocha, 5899, bairro JK - Contagem 17/10/2018

Endereço: Livraria popular. Av. José Faria da Rocha, 5.899, bairro JK

DATA:

10 e 17 de Novembro

Entrada gratuita