Com o intuito de incentivar a leitura e formar leitores em todo o estado, o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais elabora exposições literárias itinerantes.

Cada mostra, constituída por banners ou painéis, contém a síntese da obra de um autor, extratos de um livro muito significativo na história da literatura, ou ainda textos relacionados a um tema de interesse dos leitores da biblioteca pública. As exposições são voltadas para o leitor, visando despertar e renovar o prazer da leitura literária.

Ao levar a exposição para sua cidade, a biblioteca pública municipal deve promover atividades que destaquem o autor ou o tema da mostra em questão, e que incentivem a leitura dos painéis e de outros textos.

 As exposições são emprestadas por trinta dias, incluídos os períodos de montagem e desmontagem. Para fazer uma solicitação de empréstimo, o coordenador da biblioteca deve entrar em contato com Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas (31 3269-1202; sistema.sub@cultura.mg.gov.br) para verificar as datas disponíveis, e em seguida formalizar o pedido através de ofício, assinado pelo prefeito municipal e enviado para:

Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário.

Praça da Liberdade 21 - Funcionários 

Belo Horizonte - MG - CEP 30140-010

Acesse aqui o passo a passo para realizar uma exposição literária 

Exposições

200 anos dos sonhos de um escritor  - Hans Christian Andersen

400 Anos de Dom Quixote de La Mancha – Miguel de Cervantes

50 anos do livro Grande Sertão Veredas – João Guimarães Rosa

A imagem do medo na ilustração de livros infantis brasileiros

A literatura nas quatro linhas: o futebol em verso e prosa

A prosa & prosa de Otto Lara Resende

Alphonsus de Guimaraens Filho: viajando num raio de lua

Apontamentos - Bartolomeu Campos de Queirós

Artista do verbo e da vida – Aníbal Machado

Assombros e Espantos na Fantasfera Nacional  

Bartolomeu Uma Inquietude Encantadora - Bartolomeu Campos de Queirós

Bruxa? Quem tem medo de bruxa?

Das contingências do amor

É o bicho

Entre livros e libélulas – Ângelo Machado

Era uma vez Charles Perrault

Escritura – Bartolomeu Campos de Queirós

Fernando Sabino, nada além do essencial

Geometria do Amor

Hoje tem festa no meio do caminho – Carlos Drummond de Andrade

Irmãos Grimm e o sentido maravilhoso da vida - Jacob e Wilhelm Grimm

Mário Quintana, o poeta do simples

Monteiro Lobato: o maravilhoso universo do sítio

Mulheres na poesia brasileira

O amanuense Cyro dos Anjos

O construtor do absurdo – Murilo Rubião

O Natal em Manuel Bandeira e Cândido Portinari

O Natal na Poesia Brasileira

O Poeta em prosa e verso – Paulo Mendes Campos

O que seria de nós se não sonhássemos um pouco – Alaíde Lisboa

Poesia, teu nome particular é Emílio – Emílio Moura

Reinações de Emília – Monteiro Lobato

Sertão Encarnado - Afonso Arinos

Singular - Pedro Nava