Flávia de Mello Neves, diretora-geral, e Elise Ferreira, assessora, apresentaram ao secretário Angelo Oswaldo o programa de atividades da Fundarte – Fundação de Cultura e Artes de Muriaé. Localizada na Mata Mineira, Muriaé é cidade piloto da Agenda 21 da Cultura, no quadro das Cidades e Governos Locais Unidos, CGLU, sendo o único município brasileiro aceito no biênio 2017-19. A cidade conta com escolas municipais especialmente dedicadas à dança, à música, ao teatro, às artes visuais e às artes cênicas. Dispõe de teatro, museu, biblioteca, arquivo e centro cultural.

Os trabalhos seguem o Plano Municipal de Cultura, finalizado em 2016, quando se concluiu o caderno de metas até 2016, envolvendo todas as regiões do município. A Fundarte prepara o I Fórum Regional de Turismo, Cultura e Economia Criativa e a V Conferência Municipal de Cultura. Além disso, anuncia para o dia 10 de agosto a abertura da sétima edição do evento “Gastronomia na Serra”, a ser realizado no distrito de Pirapanema, em território de belas paisagens montanhosas.

O secretário Angelo Oswaldo acertou a promoção de uma rodada de capacitação para acesso aos mecanismos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e ao Fundo Estadual de Cultura. O evento se destinará à Zona da Mata e acontecerá em Muriaé, no segundo semestre. Segundo ele, Muriaé desenvolve um projeto referencial e exemplar de apoio à cultura, pelo que conta com o apoio e a colaboração permanentes da Secretaria de Estado.