Responsável por difundir uma geração de escritores mineiros e tendo se consolidado como uma publicação de referência literária e artística já no primeiro ano de sua veiculação, o Suplemento Literário (SLMG) completou cinquenta anos de existência em 2016 e até hoje é um dos mais respeitados periódicos do gênero no Brasil.

Quando foi criado, em 1966, Minas Gerais era ainda um estado com pouca expressão em relação à divulgação de seus escritores. A maioria deles trabalhava em São Paulo e no Rio de Janeiro, o eixo com maior expansão cultural daquela época. Com pouca verba e material para publicação, a maioria das tentativas de implantar uma revista ou um Suplemento Literário fixo não passou da quinta edição.

Foi então que o governador Israel Pinheiro decidiu criar um Suplemento que acompanhasse o Diário Oficial do Estado – o Minas Gerais, distribuído gratuitamente por todo o estado. A tarefa foi entregue ao escritor Murilo Rubião, que fez do SLMG um espaço que abrigava, além de literatura, cinema, artes plásticas, teatro e música. O periódico trazia reportagens, entrevistas, ensaios, críticas, poesia e depoimentos.

Um jornal diferente

A diversidade é a principal característica do Suplemento, desde seu primeiro número. Ao longo dessas quatro décadas, o jornal se revelou um veículo aberto, recebendo trabalhos de autores de outros estados e países, tendo em vista unicamente a sua qualidade.

O Suplemento sempre foi e continua sendo um espaço de liberdade, onde criadores e críticos podem se encontrar e expor sua visão sobre questões contemporâneas.

Editores e Conselhos

Auxiliado por uma comissão editorial, Murilo manteve-se à frente da publicação até o fim dos anos 60. Depois dele, vários nomes passaram pela função de secretário, dentre eles, Ângelo Oswaldo de Araújo Santos, Rui Mourão, Ayres da Mata Machado Filho, Wilson Castelo Branco, Mário Garcia de Paiva, Duílio Gomes e Paschoal Motta.

Compondo comissões editoriais ou atuando como redatores, destacaram-se à frente do Suplemento, ainda sob a responsabilidade da Imprensa Oficial, nomes como Laís Corrêa de Araújo, Adão Ventura, Jaime Prado Gouvêa, Antônio Barreto, José Márcio Penido e Carlos Roberto Pellegrino.

Na mais nova fase, já sob a responsabilidade da Secretaria de Estado da Cultura, adotou-se a sistemática que compreende um editor e um Conselho Editorial, formado por intelectuais de reconhecimento público e nomeado pelo Governador do Estado.

Nessa nova etapa, editaram o SLMG Carlos Ávila (1995 a 1998), Anelito de Oliveira (1999 a 2003), Fabrício Marques (2004) e Camila Diniz (2005 a 2008).

O Suplemento Literário é editado pelo escritor Jaime Prado Gouvêa. O conselho editorial é formado por Eneida Maria de Souza, Humberto Werneck, Sebastião Nunes, Carlos Wolney Soares e Fabrício Marques. O projeto gráfico do jornal é de Plínio Fernandes, da Traço Leal.

Atualmente o Suplemento Literário de Minas Gerais é composto por duas diretorias:

1) Diretoria de Apoio Técnico à Produção do Suplemento Literário, que tem por finalidade gerir as atividades de edição e distribuição do jornal, bem como propor, formular e executar programas de divulgação e promoção do SLMG.

2) Diretoria de Promoção e Articulação Literária, que tem por finalidade gerir o "Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura" -instituído pelo Decreto nº 44.671, de 5 de dezembro de 2007. Concedido anualmente por ato do Governador do Estado e entregue aos ganhadores em cerimônia pública, o Prêmio abrange as seguintes modalidades, com os respectivos valores de premiação: ficção (25 mil), poesia (25 mil), jovem escritor mineiro (42 mil) e homenagem a um escritor vivo que tenha contribuído para a literatura brasileira, cujo valor da premiação é de 120 mil. Têm por objetivo promover e divulgar a literatura brasileira, reconhecer grandes nomes nacionais e abrir espaço para os jovens escritores mineiros.

Publicações do Suplemento Literário de Minas Gerais

Livro "Pela Estrada de Tijolos Amarelos"
Livro "O amor não vazará meus olhos"
Livro "A janela do verbo assistir"

Download completo das Edições do Suplemento Literário: (clique abaixo em qualquer edição e vá para o download)
Edições especiais:
2007 - Dezembro
2008 - Abril
2008 - Junho
2008 - Dezembro
2009 - Abril 
2009 - Junho
2009 - Outubro
2010 - Abril 
2010 - Maio 
2010 - Novembro 
2011 - Maio 
2011 - Novembro
2012 - Maio
 
2006:
Julho 
Maio
 
2007:
Maio
 
 

2009:

Dezembro
>  Novembro
>  Outubro
>  Setembro
>  Agosto
>  Julho
>  Junho
>  Maio
>  Abril
>  Março
>  Fevereiro
>  Janeiro

 

2012:
 
 
 
2013:
 
 
 
2015:
Janeiro/Fevereiro
Março/Abril
Maio/Junho
Julho/Agosto 
Setembro/Outubro
Novembro/Dezembro
 
2016
Janeiro/Fevereiro
Março/abril
 Edição Especial - junho